Publicidade
Branqueamento e Odontologia Cosmética
enhanced by Google
 

Tratamento ortodôntico para alinhamento dos dentes

Dentes tortos e os problemas de mordida têm sua origem tanto em fatores hereditários como em fatores ambientais.

Colgate

Pessoas que usam aparelhos ortodônticos não podem descuidar da boa higienização dentária
Colgate
Pessoas que usam aparelhos ortodônticos não podem descuidar da boa higienização dentária
A Associação Americana de Ortodontia informa que, nos Estados Unidos, cerca de 4,5 milhões de pessoas usam aparelhos para corrigir a posição dos dentes e ter um sorriso bonito e saudável1.

Como você sabe, o ortodontista é um dentista com uma especialização clínica complementar no tratamento das más oclusões (mordidas erradas), as quais podem ocorrer devido à falta de alinhamento dos dentes e problemas nas arcadas.

Por que os dentes ficam tortos?

O cirurgião dentista Terry Pracht, ex-presidente da Associação Americana de Ortodontia, afirma que os dentes tortos e os problemas de mordida têm sua origem tanto em fatores hereditários como em fatores ambientais. O Dr. Pracht diz que os fatores hereditários respondem inclusive pelo apinhamento dentário, diastema (grandes espaços entre os dentes) e más oclusões. Ele também menciona que os dentes tortos podem ser causados pelo hábito de chupar o dedo e pela protrusão lingual, além de problemas nas arcadas decorrente de acidentes(1).

Quais as opções de tratamento para alinhar os dentes ou corrigir más oclusões?

O tratamento ortodôntico tem três estágios. O primeiro é aquele no qual os aparelhos são usados para ganhar espaço na boca. Por exemplo, os expansores palatais são usados para aumentar a largura do palato, e, as barras linguais, para expandir a arcada inferior. O estágio seguinte é o da correção ativa, no qual os aparelhos são colocados nos dentes. Neste estágio, os dentes são ajustados e alinhados e as más oclusões são corrigidas no decorrer de um período que depende do grau de irregularidade dos dentes e da severidade dos problemas das arcadas. O terceiro estágio é o da retenção, no qual, depois que o aparelho é removido, os dentes são monitorados por meio do uso de um retentor (fixo ou removível) e das visitas ortodônticas semestrais.

Tipos de aparelhos

Os aparelhos de trinta ou mais anos atrás eram grandes bandas de metal enroladas e cimentadas em cada dente. O aparelhos podem ser colocados na face externa ou interna dos dentes, dependendo da recomendação do ortodontista. Os bráquetes, arcos e bandas apresentam-se em diversas cores, à escolha dos adolescentes.

Atualmente, pequenos bráquetes de metal ou cerâmica são fixados, com cimento específico, na superfície externa dos dentes, podendo-se usar bandas de metal nos dentes posteriores. Os arcos colocados dentro dos bráquetes são feitos de uma liga de níquel e titânio que esquenta de acordo com a temperatura da boca, permitindo a aplicação constante de pressão sobre os dentes quando ajustados no consultório do ortodontista.

Um aparelho alternativo e de uso mais recente é o sistema Invisalign, que consiste em uma série de alinhadores removíveis usados durante o dia e à noite para ajudar na correção. Os alinhadores podem ser removidos antes da escovação ou do uso do fio dental.

Cuidado dos aparelhos

O ortodontista ou dentista dará a você todas as informações sobre como higienizar corretamente seu aparelho. Há várias escovas manuais (especialmente projetadas para pacientes ortodônticos), movidas a bateria, elétricas e sônicas que podem ser usadas. Pergunte ao dentista qual é a melhor para o seu caso. Escove ao menos duas a três vezes por dia, em ângulo de 45 graus com movimentos de vai-e-vem. Remova a placa bacteriana na linha da gengiva para evitar gengivite (inflamação do tecido gengival). Coloque a escova em ângulo na linha da gengiva e escove suavemente ao redor do aparelho para remover a placa bacteriana e os resíduos alimentares.

É muito importante higienizar entre os dentes, se houver espaço, usando fio dental e um passa fio, um stimudent (palito limpador) ou uma proxabrush (escova interdentária). Os irrigadores bucais são recomendados para a remoção de resíduos alimentares e irrigação do tecido gengival para eliminar a gengivite e as bactérias causadoras de mau hálito. Também podem ser usados um creme dental antibacteriano e um enxaguatório bucal, com o irrigador ou isoladamente.

Com o manter o sorriso depois de retirar o aparelho?

Depois que seu ortodontista determinar a remoção de seu aparelho, é importante usar um retentor (um dispositivo de plástico) durante o dia ou à noite, de acordo com a recomendação profissional. A higienização do retentor pode ser feita com água ou creme dental e escova, logo depois do uso. Quando não estiver sendo usado, o retentor deve ser guardado em um estojo de plástico.

Combine com seu dentista a profilaxia profissional semestral e com seu ortodontista as consultas regulares de manutenção.

Referências:

1. Braces: Not Just for Looks, Causes of Crooked Teeth. Reviewed information at http://www.enotalone.com

Leia também:

- O que é ortodontia?
- Diastemas e as opções de tratamento

Artigo fornecido pela Colgate-Palmolive. Copyright 2011 Colgate-Palmolive.
Todos os direitos reservados

Leia tudo sobre: dentesescovaçãohigienesaúdecárieflúor

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG